sexta-feira, 21 de setembro de 2007

PARA MINHA NANINHA.



Seria muito pouco querida
Dizer que você completa minha vida
Que na verdade dela é a melhor parte
Em vc está refletida a juventude vivida

Seria pouco, muito pouco sem você em minha história
Dizer que sem seu sorriso nessa ESTRADA
Que por DEUS foi com benções traçada...
Não seria tão linda a nossa VITÒRIA.

Obrigada filhotinha minha
Por ser de minha semente
O amor que nunca se mente
A verdade que nunca se definha.

Felicidades filhotinha, como é bom te amar
Nesse dia em que juntas nascemos...
Você para ver o sol nesse mundo nada sereno
Eu pra ver o brilho das estrelas em seu olhar.

Dilean De Bragança

(Homenagem pela passagem do aniversário da minha filhotinha Luciana)

2 comentários:

Anônimo disse...

Tal mãe, tal filha...
Ambas lindas e criativas.
Amplexos fraternais.

Nana disse...

Vc sempre me emociona, desculpe a demora, nossa lindo d+, mãe!!
Te amoooo incondicionalmente!!
A paz!!

Nana Bragança