terça-feira, 20 de novembro de 2007

Sintonia

















De olhos no infinito
De braços com a esperança
Caminho de olhar fixo
no que não vejo.
Conspiro a meu favor
Me faço carinhos
Me entrego as delícias
Sorrio conivente.
Me olho no espelho
Gosto do que vejo
Um jeito nos cabelos
Retoque no batom
Beijo minha boca
Saio pra me encontrar.

Dilean De Bragança

10 comentários:

Erika disse...

lindo como sempre.

beijos

A. C. O'Rahilly disse...

Excelente poema.

... Os olhos de um amante revelam beleza melhor do que o espelho

O Profeta disse...

Um poema lindo...espelho de uma linda mulher...tu...


Doce beijo

Damaris disse...

Lindo!Lindo! Lindo!

Te amo.

Menina do Rio disse...

Belissima sintonia!
Vim agradecer pelpoesia que me deixou lá no Recanto. Amei!!! Amei!!!

Te deixo um beijo no coração e tem uma linda semana!

Pena disse...

Minha Amiga:
Não necessita olhar-se no espelho: É linda. Muito!
Parabéns pelas doces palavras expressas. São puras. Ternas. Afáveis. De um bom-gosto imenso.
Adorei:"Saí para me encontrar". Maravilhoso! Enternecedor.
Parabéns pelo que é.
Beijinhos de amizade pura e encanto.
Sempre a lê-la com delícia.

pena

Pena disse...

Minha Carinhosa Amiga:
O seu Ser irradia ternura, bem-estar e harmonia.
Deve ser muito feliz, simpática e terna.
"Encontre-se" por favor. Devagar.
Calmamente.
Possuí a enorme capacidade de irradiar felicidade.
É linda! Muito!
Beijinhos amigos de sinceridade e amizade puras e sinceras.
Excelente fim-de-semana.
Sempre a lê-la com delícia e encanto.

pena

Cáh Morandi disse...

Tem tempos que devo sair e me encontrar por ai... ETAM!
Lindo poema!

Eden Gama disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis sans ordonnance
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis prix
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ comprar cialis