sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

LUA...


















Essa lua que no seu está guardada
É minha companheira pela vida
Por ela sei que sempre sou amada
Só por um simples olhar me convida

E vem no ar uma música tão linda
Daquelas que lá em casa sempre ouvia
Ao som de um bandolim, seja bem vinda!!!
Oh, lua vem me trazer sua alegria.

E quando não tiverem no céu estrelas
Te juro, não perderei a esperança.
Pois sei que voltarás numa lembrança...

Por isso os poetas te veneram
E eu pobre mortal te acompanho
Nos versos que escrevo a sua espera.

Dilean De Bragança

(Oferecida a minha amiga Monikita.)


ESTOU FELIZ NESSE REGRESSO.
MEUS SINCEROS AGRADECIMENTOS A TODOS QUE NÃO DEIXARAM DE ME VISITAR NESSA MINHA HIBERNAGEM NECESSÁRIA.

MEU IMENSO CARINHO E AFETO A TODOS AMIGOS QUERIDOS.

BJUS NA ALMA DESSA SONHADORA DE ALMA E LUA.

9 comentários:

Pepe Luigi disse...

Minha cara Dilean,

Fiquei imensamente comovido com a sua sensibilidade pela maneira de encarar o chamamento de Deus. Algures num sítio de Bonança e Paz esse seu ente querido está velando por si e pelos seus mais queridos.

Quanto aos seus sinceros e gentis comentários acerca dos meus escritos, sinto-me francamente enaltecido. Obrigado.

Muito terno e recheado de sentimento este seu lindo poema Lua...

Um Bem Haja para si em fraterna companhia com o nosso Redentor.

Sinceros beijinhos
Pepe

Carlos Lima disse...

Olá Dilean, tudo bem amiga?
Passei aqui para retribuir sua carinhosa visita e dizer que suas poesias fazem agente iniciar um dia melhor. Sempre estarei aqui lendo as coisas lindas que escreve.
Aproveito para agradecer pelo apoio que está dando à campanha do plágio e uma breve referência no Gozos da Alma ajudaria muito na divulgação.
Um beijo amigo.
Carlos Lima, Leia-me

Carol Mendes disse...

Oi minha linda, SEJA MUITO BEM VINDA NESSE SEU RETORNO!!!! Fiquei aqui me deliciando com suas poesias, estou saindo daqui renovada. Beijinhos.

Pena disse...

Simpática Amiga:
Um regresso muito belo com um poema lindo. Encantador. Doce e que vive de ternura.
"Sentem-se" as palavras com ternura e encanto.
Lindo!!!!!!!!
Quanto talento numa forma de ser magnífica.
Beijinhos amigos de grandiosa estima e respeito

pena

Márcia Santos disse...

que bom que voltaste a escrever é sempre bom poder vir aqui e ler essas coisas maravilhosas!!!! bjos!!!

Luciana Cantanhede disse...

A Lua tem lá seus motivos para ser tão admirada pelos poetas mesmo. E ficou ainda mais belas com teus versos.
Beijos

Marisa Vieira disse...

Que sensibilidade! Coisa mais linda!
PARAB�NS! Saudades minha amiga!

beijoPoesia*

Joni Bigoo disse...

bgadim pelo apoio... Nçao fosse você,
já era tudo. E aquela palavra que parece "himem d'ouro" persiste!Beijilhões!

Mara Ivanovicht disse...

Que este seu retorno, se perpetue

Que as belas frases que permeiam este espaço, estejam sempre aqui para dar alento e refrescar nossos olhos e sentimentos...

Suas poesias tem suavidade, leveza e tranquiliza quem as lê

Parabéns Amiga...