sexta-feira, 21 de setembro de 2007

PRECE...


Ah... Senhor!
Eu sei que Tu podes me ouvir

Eu sei, pois já me atendestes
Quando eu mais precisava de Ti
Na hora em que a tristeza me rendia
Teus braços Senhor, lentamente me estendias
Guiando meus passos, aliviando minha dor.
Neste momento Senhor...
Preciso de Ti urgentemente
Minh'alma sofre...
Meu corpo sente...
Por tudo que acontece,
por tudo que vejo.
Preciso te pedir que me abençoes
Que alivies a dor do meu próximo
Pois sei, que Tu vês lá do além
Que enquanto ele sofre, Senhor...
Eu sofro também...
Venha com Tuas mãos Benditas,
Traga consolo ao meu triste coração
Pois sei que Tu sofreste uma dia
Foi só porque querias ajudar a quem precisa
E alegremente convida, que se livre da morte
Quem só deseja a vida.
Amém!!!!!

Dilean De Bragança.

(Essa prece foi musicada. Comecei a cantá-la sem nunca tê-la ouvido e só então notei que estava compondo um hino. Isso aconteceu quando estava a caminho para visitar nosso Paizinho Francisco, que sofreu um grave acidente e foi desenganado pelos médicos. Ele se recuperou e viveu ainda mais 30 anos, vindo a nos deixar em 2001. Essa mesma prece foi cantada no dia do sepultamento de nosso maninho Cacala, a pedido de nossa querida irmã Hilda Botelho. Se já era inesquecível, agora se eternizou para todos nós.)

Um comentário:

Joelma disse...

Pôxa, vinha eu muito bem lendo teu blog, mas esse hino e comentário ao final dele me arrebentou. Não deu p conter as lágrimas. Por que será que eu me sinto assim tão parte dessa familia? Que dor que sinto por estas perdas.
Te amo!