sábado, 29 de setembro de 2007

SÓ SAUDADES...



Se tem chuva...
Que molhe o chão.
Se tem sol...
Que queime a pele.
Se tem vento...
Que voem os cabelos.
Se tem brisa...
Que refresque o rosto
Se tem fome...
Que coma um pão.
Se tem sede...
Que beba só água.
Se tem saudade...
Que a mate de vez.
Se tem cansaço...
Que descanse em paz.
Se tem sono...
Que durma um sono
Se tem sonho...
Que sonhe contigo.
Se acordar...
Que durma de novo
Pra sonhar outra vez

Dilean De Bragança.

2 comentários:

Leninha disse...

Suas poesias são muito envolventes e de profundos sentimentos Di.

Meus sentimentos minha amada pelo seu maninho, eu não sabia!!!Tô chocada, muito triste mesmo.
Me lembro dele.(extensivo a toda família)
Depois a gente conversa.
Deus os conforte.

Stephany, Marcela. Evelyn T. Eveliin V. disse...

Estou precisando dormi de nova para voltar a sonhar outra vez, pessoas em que eu sonhei e apostei todos os meus verdadeiros sentimentos me magoa a cada frase pronunciada ! :'(