sexta-feira, 26 de outubro de 2007

DURO INTENTO...




No infinito a espera
No limbo a saudade
No canto a lágrima
Dos amores que se foram!



Dilean De Bragança

6 comentários:

Erika disse...

prá trás o passado.. se olhar prá frente só verá futuro.. sem lágrimas...

beijos e ótimo final de semana

delusions disse...

Acontece...vezes de mais...

Bjinho*
Boa semana e volte sempre ao Lupanar.
Obrigada pela visita e pela simpatia

A. C. O'Rahilly disse...

Excelente. Pequeno poema .... grande vida.

....tudo o que está na periferia do nosso amor.

beijos,
Andrew

Natalia disse...

muito legal
^^

bjs

Joni Bigoo disse...

Acho que lágrima rima com infinito
e limbo com amores, idos...

Poucos versos, turbilhão de sentimento

Linda poesia! Bjos!

Joni Bigoo disse...

Acho que lágrima rima com infinito
e limbo com amores, idos...

Poucos versos, turbilhão de sentimento

Linda poesia! Bjos!