sábado, 17 de novembro de 2007

VIAGEM...
















Vou atravessar essa estrada
Não importa a que horas chegarei
Nem mesmo onde é o destino
Importa somente o recomeço
A vitória da chegada
A alegria da conquista.


Dilean De Bragança

4 comentários:

Pena disse...

Simpática Amiga:
Por certo esse lindo caminho, ladeado por árvores acolhedoras, só poderão conduzi-la a um destino agradável.
Merece-o plenamente pelo que é.
Oxalá concretize a alegria da conquista e a vitória da sua chegada.
Gosto de viver de sinceridades inequívocas e atitudes sensatas nas observações construtivas que faço da vida, da minha vida e da vida dos outros, acredite?
Para si tudo de bom é o que desejo e anseio.
Beijinhos sinceros de amizade e muita estima pela pessoa de bem que é.
Tudo o que escrever serei um leitor assíduo, desculpe!
É sem iniquidade e vivem de pureza, desculpe!
O amigo.

pena

São disse...

Aqui estou para agradecer e retribuir a agradável visita, que muito gosto me dará em ver repetida!
O caminho, como diz Pena - esse ser humano terno e sensível - só poderá conduzi-la ao Bem!
"Bejinhos"

A. C. O'Rahilly disse...

doce. ela soa como palavras de uma canção que eu ouvi no rádio do meu carro...

Damaris disse...

"...Peregrina, eu era, cansada das estradas,
fugitiva do mundo dos outros,
e busquei em ti,
refúgio para os meus desejos proibidos.
Perdoa-me se de tão tombada pelo cansaço,
adormeci no teu braço
e não vi que era hora de partir..."


Querida irmã!
Prefiro estradas reais assim ladeada por arvores maravilhosas que nos faz sentir cheiro de mato e
de terra molhada nos traduzindo dias de infância.
Beijos, te amo do jeitinho que vc já sabe.